Como construir um hábito ideal

Os hábitos existem para facilitar a vida, poupam energia de tomada de decisões. O poder do hábito consiste na possibilidade de realizar tarefas no automático e dessa forma geram grandes resultados.

Historicamente, o hábito existe para facilitar a tomada de decisões e diminuir o gasto de energia com processos repetitivos. A fim de não sobrecarregar o cérebro, decisões que seriam tomadas todos os dias, entram no automático, como exemplos, a quantidade de creme dental que é colocada na escova de dente, o lado da cama que vai dormir, onde colocar o celular para carregar. O cérebro possui um limite de informações que consegue processar num determinado tempo, dessa forma, uma resposta praticamente automática é extremamente eficaz, além de haver um descanso considerável. Apesar de parecer que executamos as tarefas sem pensar, o córtex infralímbico ainda acompanha o que fazemos.

Os maus hábitos aos poucos podem criar consequências cada vez menores, um exemplo claro disso é o hábito de sempre manter um pequeno superavit calórico, ou seja, sempre comer um pouquinho além do que a energia gasta, não serão todos os dias que haverão um ganho de massa, no entanto, no longo prazo, sem dúvida haverá o ganho de uns quilos.

Por outro lado, os bons hábitos são o segredo para obter grandes resultados. Como exemplos temos a alimentação saudável, a prática de exercícios físicos, a leitura regular, o estudo constante, a economia.

É importante saber o que mudar, criar e por qual motivo mudar, criar. Desta feita, aconselho a olharmos criticamente para nós mesmo, primeiramente, buscar os resultados bons que obtivemos, perceber que alguns dos nossos hábitos são realmente bons. E logo em seguida, buscar os resultados ruins, e notar que é a simples mudança do sistema que adotamos gerará resultados bons. Há de notar que a maioria dos hábitos ruins não são puramente ruins, afinal, algum dia foi decidido fazer aquilo e naquele dia, por algum motivo, aquilo era de fato melhor ou, pelo menos, aparentava ser a melhor opção.

Um hábito pode ter fazer cumprir metas no trabalho e ao mesmo tempo elevar seu nível de estresse, de forma que a curto/médio prazo isso causa alterações neurais e na produção de neurotransmissores.

O verdadeiro segredo não está em fazer um hábito que aparentemente é o hábito correto. Um exemplo disso é que para muitas pessoas ir à academia, malhar e se exercitar é indispensável e salva o dia, encontra amigos e trás felicidade, entretanto, para outras pessoas, executar tarefas repetitivas não trazem nenhuma sensação de bem-estar. Portanto, apesar de ser uma premissa que ir à academia faz bem a saúde, se for vista como algo penoso, fará mal ao bem-estar. O verdadeiro segredo é encontrar o hábito correto para você.

COMO ENCONTRAR O HÁBITO IDEAL?

Vou dar 2 dicas boas, mas não são as únicas formas, e possivelmente, nem as melhores.

A primeira é a que eu mais gosto. Consiste em focar o objetivo/resultado final, e multiplicar ele por 3, 10 ou 100. De forma a criar um novo grau de dificuldade aparentemente impossível.

Vou dar o exemplo do livro 100 maneiras de motivar a si mesmo, um rapaz era o melhor vendedor de uma loja, e gostaria de aumentar as vendas dele 100 para 140 por mês, sendo que ele já era o vendedor mais eficiente da loja e que possuía números muito superiores aos outros. Assim o autor do livro sugeriu que ele colocasse a meta em 200 por mês e fizesse um brainstorm de todas as ideias que ele tinha. A princípio o vendedor relutou, e começou com umas ideias absurdas. Começou com só se eu comprasse tudo, depois se eu pudesse me teletransportar. Logo em seguida a linha de pensamento foi afinando, e tomando um rumo: eu teria que estar em dois lugares ao mesmo tempo, ou teria que falar com duas pessoas ao mesmo tempo. Seguindo a linha de raciocínio ele chegou à conclusão de que uma solução seria fazer palestras, marcando uma reunião com os clientes e apresentando o produto a todos eles ao mesmo tempo. Ou seja, ele conseguiu diminuir o esforço e atingir um público superior. No mês seguinte ele superou a marca das 140 vendas por mês.

A segunda forma consiste na técnica de benchmark, essa técnica nada mais é que “copiar e colar”, ou seja, é pesquisar pessoas que conquistaram aqueles resultados e objetivos e descobrir os hábitos que os impulsionaram, de fato, haverão pessoas que seguiram o padrão, mas muitas pessoas inovaram em seus hábitos e atingiram os mesmo resultados.

O importante é mudar o sistema, o processo, o hábito… um mesmo sistema gerará, em regra, o mesmo resultado diversas vezes.

TEMPO E ROTINA

O tempo é um fator escasso, e a rotina e os hábitos sempre o consomem de forma constante. Dessa forma, tendo como objetivo o melhor aproveitamento do tempo é importante juntar vários objetivos em uma única atividade, além de definir o que realmente precisa ser feito por você e delegar o resto.

Portanto, é preciso fazer atividade física, fazer compras, passar um tempo com os filhos, ir ao trabalho, treinar a oratória, estudar, trabalhar em algum projeto paralelo, preparar comida, entre outras coisas.

Algumas soluções é delegar a tarefa de preparar comida, treinar a oratória na ida para o trabalho dentro do carro, na volta do trabalho ouvir algum audiobook para estudar, buscar os filhos em casa para levar para fazer atividades físicas em família e na volta passa no supermercado. Ou delega a tarefa de ir ao mercado, por meio de aplicativos de entrega. Convida a família para ajudar no projeto paralelo. Assim, existem inúmeras formas de conectar essas atividades, e serão muito mais efetivas do que executá-las uma de cada vez.

Por fim, a rotina ideal, com hábitos eficazes precisa ser planejada, a utilização de hábitos integrados entre si gera mais motivação para realizar tarefas mais dificultosas e que, por vezes, evitamos. As técnicas de mudança de hábitos motivam por muitas vezes, diminuírem o esforço para alcançar mais resultado. E tão importante quanto todas as outras técnicas é a delegação, pois dessa forma sobra tempo para a realização de atividades mais importantes, com mais efetividade e eficácia.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s